Empanadas: como harmonizar a tradicional iguaria com o vinho ideal?



No Uruguai existe uma brincadeira com a afirmação de que a melhor combinação para as empanadas são o vinho e o tango!


De maneira geral, entre as diversas técnicas de harmonização, a utilização de pratos e vinhos de uma mesma região é uma regra com poucas exceções. Porém, a harmonização sempre vai depender das características do vinho e também do prato.


Vamos às melhores opções: Malbec O Malbec é um grande companheiro para as empanadas. Aliás, companheiro para quase tudo. Para as empanadas, o casamento é perfeito para as combinações com carne por tratar-se de um vinho mais encorpado já que a proteína e gordura do recheio tornam os taninos dos Malbec ainda mais macios e arredondados.

Outra explicação para esta parceria que não surpreende é o fato das empanadas serem bem estruturadas devido à soma dos ingredientes da receita: carne, cebola, manteiga, temperos verdes, especiarias e formam um conjunto que concentra sabores diferentes: tendência doce, tendência amarga, sapidez, entre outros.


Por este motivo, faz-se necessária a sua harmonização com vinhos tintos com corpo médio, boa aromaticidade e acidez e taninos não muito marcantes, capazes de limpar o paladar. Merlot O Vinho Merlot acompanha muito bem diversos tipos de pratos. Por se tratar de um vinho mais suave, combina com pratos mais leves e menos complexos por se tratar, em sua grande maioria, de um vinho mais macio.

O Merlot, para as empanadas mais suaves, cai como uma luva. Suas notas se harmonizam com os queijos cremosos, os semiduros, os mais estruturados e os queijos de casca dura como grana padano, parmiggiano e cheddar.

#empanadasuruguaias #vinho #merlot #malbec

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo